Lesões relacionadas ao trabalho e sentimentos de depressão: o papel potencial da fisioterapia








Sentimentos ou pensamentos de depressão podem estar associados a lesões musculares ou articulares. Quando dor e sintomas depressivos ocorrem em conjunto, podem levar a problemas duradouros. Pode ser difícil saber se estes pensamentos e sentimentos são causados pela dor ou algum outro problema.
Os fisioterapeutas se concentram no tratamento dos problemas músculo-esqueléticos, no entanto, para alguns pacientes, sentimentos de depressão pode facilitar o tratamento projetado para diminuir a dor e melhorar a função.
Outros pacientes porém, podem necessitar de tratamento especializado para os sintomas de depressão, além de fisioterapia. Isto é especialmente verdadeiro quando os pensamentos depressivos e sentimentos persistem, a dor não é resolvida, e o indivíduo não conseguiu retornar ao trabalho. 

Novos insights
Num relatório com 106 pacientes com acidentes de trabalho envolvendo as costas ou pescoço foram estudadas durante a fisioterapia, após a fisioterapia, e um ano mais tarde. Curiosamente, os sentimentos e pensamentos de depressão diminuíram em aproximadamente 40% dos pacientes após a fisioterapia para tratar a dor e as limitações funcionais.
Os pacientes cujos sentimentos deprimidos melhoraram foram mais propensos a voltar ao trabalhar e referiam menor intensidade de dor um ano após o tratamento. Os que não melhoraram tinham menos probabilidade de ter retornado ao trabalho.
Estes resultados indicam que os sentimentos e pensamentos de depressão podem diminuir a  volta ao trabalho para certas pessoas quando recebem fisioterapia para tratar da lombalgia ou cericalgia.




Quer se aperfeiçoar mais nesse assunto? Dicas do blog:
  • Curso online sobre Fisioterapia do Trabalho
  • Curso online de Ginástica Laboral


  • Gostou o texto? Nos siga nas redes sociais: Instagram, Facebook e Twitter

    Quer anunciar neste blog?
    Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui

    Quer sugerir uma pauta?
    Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui ou um email clicando aqui

    Poste um Comentário

    Nenhum comentário

    Tecnologia do Blogger.