Ficar parado ou sentado durante muito tempo pode prejudicar a circulação. Apesar de não ter a ver com o sangue, mas com...

Trabalhar na mesma posição o dia inteiro prejudica a circulação



Ficar parado ou sentado durante muito tempo pode prejudicar a circulação. Apesar de não ter a ver com o sangue, mas com a compressão dos nervos, cruzar as penas ou ficar numa posição ruim também pode causar formigamento.

Para dar dicas de como melhorar a circulação e diferenciar veias e artérias, o Bem Estar desta sexta-feira (21) convidou o cirurgião vascular Pedro Puech Leão. Ao lado dele, o preparador físico José Rubens D'Elia embarcou no ônibus estilizado do programa para ensinar exercícios de fortalecimento da panturrilha, o nosso segundo coração.

No estúdio, D'Elia apresentou uma série de exercícios de rotina que mantém o sangue circulando bem pela batata da perna.

Arte circulação (Foto: arte / G1)

A repórter Marina Araújo foi a um escritório em São Paulo para conferir a postura dos funcionários que trabalham sentados o dia inteiro. Nem todos tomam os cuidados básicos para melhorar a circulação.

Cruzar as pernas, sentar-se sobre elas, ficar de pé ou sentado não tem nenhum problema, desde que não seja por muito tempo. O importante é trocar de posição várias vezes ao longo do dia.

Para quem trabalha sentado durante horas, o recomendado é levantar e caminhar um pouco a cada meia hora. O mesmo serve para quem fica muito tempo de pé: é preciso sentar-se um pouco a cada 30 minutos.

Também é importante evitar o sobrepeso e roupas muito apertadas – isso inclui as meias (dê preferência às elásticas). Os cuidados incluem ainda a hora do sono: a melhor posição para dormir é deitado na cama. Em viagens longas de ônibus ou avião, levante-se e ande no corredor.

Ao contrário do que a maioria das pessoas acredita, a sensação de formigamento não tem nenhuma relação com o sistema circulatório. Ela ocorre quando o nervo é prensado e não consegue enviar para o cérebro as sensações do corpo.

0 comentários:

A rotina diária de empregos em escritórios faz com que muita gente passe boa parte do dia sentada em suas mesas, se movimentando muito p...

Movimente-se mais no trabalho e tenha uma vida mais saudável


A rotina diária de empregos em escritórios faz com que muita gente passe boa parte do dia sentada em suas mesas, se movimentando muito pouco. Quando chegam em casa, essas pessoas já estão cansadas, e acabam ficando mais tempo ainda sentadas e inertes.

Longos períodos de imobilidade são muito prejudiciais para o corpo. De acordo com uma pesquisa australiana, ficar sentado durante uma hora a mais todos os duas aumenta os riscos de morte dentro de seis anos em 11%. Outro estudo, publicado em 2010 no periódico Journal of Epidemiology, indica que homens que ficam sentados durante seis horas diariamente correm riscos 20% maiores de morrerem em 14 anos do que os que passam apenas três horas por dia sentados ou menos. Para mulheres, essa taxa foi de 60%.

Veja abaixo algumas dicas que irão te ajudar a encontrar formas de se movimentar mais durante o horário de trabalho:

  • Ao invés de usar o telefone ou o email para perguntar algo a um colega, saia da sua mesa e vá pessoalmente até ele.
  • Marque de encontrar um colega para fazer café ou tomar água em um momento do dia, e ao invés de ficar sentado, ande pelo escritório.
  • Tente encaixar uma pequena caminhada durante o seu horário de trabalho, e faça questão de fazê-la, evitando desculpas para ficar sentado.
  • Prefira usar as escadas ao invés do elevador. Se o seu escritório ficar em um andar muito afastado do térreo, desça do elevador alguns andares antes e siga o restante a pé.
  • Após o trabalho, não passe o dia no sofá. Realize atividades que vão fazer com que você se movimente, aproveitando a oportunidade para passar mais tempo com a família ou amigos.

0 comentários:

Você talvez nem tenha percebido, mas aquelas horas que passa na cadeira de rodinhas com a cara enfiada no computador podem minar seu bem-es...

Entenda como o trabalho prejudica seu corpo


mulher estressada

Você talvez nem tenha percebido, mas aquelas horas que passa na cadeira de rodinhas com a cara enfiada no computador podem minar seu bem-estar físico e mental. As pessoas que mais investem no trabalho são ainda mais vulneráveis, diz uma pesquisa da organização canadense Centro de Vício e Saúde Mental. Eles avaliaram 2.137 pessoas e 18% delas se identificaram como "altamente estressadas", exatamente as que colocavam o trabalho como prioridade e ocupavam cargo de responsabilidade.

Como não dá para parar de trabalhar - e ninguém diz que você tem de fazer isso -, melhor saber como o trabalho afeta a saúde e como se proteger.

Costas e músculos

Tudo o que você faz repetitivamente sem pensar na postura afeta músculos e ligamentos. Pode ser a forma como senta até o movimento de dar um clique no mouse. "Os problemas mais comuns são as tendinites, miosites, lombalgias, dores nas costas e na cabeça", diz o ergonomista Marcos Domaneschi, da Associação Brasileira de Ergonomia (Abergo).

O primeiro passo para evitar a má postura é prestar atenção nela, sentar com as costas inteiras escostadas na cadeira, um apoio de pé, os olhos centrados no meio da tela do computador. O segundo é realizar exercícios preventivos ao menos uma vez por dia.

Olhos


Apesar de a má iluminação não causar danos permanentes à visão, provoca desconforto. "Ao final do dia a pessoa sente cansaço, e podem ocorrer irritação e lacrimejamento", diz o oftalmologista Elcio Sato, da Universidade Federal de São Paulo. A iluminação ideal é a natural, mas, como ela varia durante o dia, é preciso lançar mão da artificial. "Deve-se evitar fontes de luz que atinjam os olhos diretamente", diz Sato.

Coração e cérebro

Um dos principais órgãos afetados pelo estresse é o coração. Sob estresse, a pressão sanguínea sobe, a pessoa come mais e os níveis elevados dos hormônios adrenalina e cortisol aumentam a chance de ter um ataque cardíaco.

Outro que padece juntamente com o coração é o cérebro. Ele é irrigado por 640 quilômetros de pequenos vasos que levam nutrientes e oxigênio. Flutuações bruscas e constantes na química do sangue - como a elevação dos níveis de hormônio - afetam diretamente esses vasos, podendo provocar desde uma dor de cabeça até um acidente vascular cerebral (AVC).

Algumas atitudes pontuais podem ajudar a aliviar o estresse, como programar-se para trabalhar em casa um dia da semana, treinar o poder de negociação e encontrar recompensas fora da empresa. "Isso vale, inclusive, para quem sofre com a falta de reconhecimento. Se não vem do trabalho, esse reconhecimento pode ser buscado no companheiro, em uma atividade qualquer na qual você seja boa, como pintar ou cantar", diz a psicóloga Ana Maria Rossi, presidente da International Stress Managment Association (Isma-BR).

0 comentários:

A jornada de trabalho deve ser planejada de forma compatível com o ritmo de seu corpo estabelecendo períodos de pausa com o intuito de e...

Dicas de prevenção da DORT



http://nucleohealthcare.com.br/blog/wp-content/uploads/2011/06/ler_dort_health_care_02.jpg

A jornada de trabalho deve ser planejada de forma compatível com o ritmo de seu corpo estabelecendo períodos de pausa com o intuito de evitar a sobrecarga músculo-esquelética e a fadiga mental. Ao exercer tarefas repetitivas, a Norma Regulamentar NR17 determina que a cada 50 minutos deve-se fazer 10 minutos de pausa. 

Colocar os materiais de uso constante próximo do funcionário ou de sua mesa de trabalho, evitando assim a má postura. Por fim as tarefas a serem realizadas, para que não se tornem repetitivas, devem ser organizadas de forma que não exerçam um só padrão de movimento. 
Ao pegar objetos no chão, agache-se dobrando os joelhos mantendo a coluna reta e ao carregar peso mantenha os braços estendidos e próximos ao seu corpo. 

Para manter uma postura correta do corpo durante a jornada de trabalho deve-se evitar esforços excessivos e desnecessários tais como, empurrar ou puxar gavetas "emperradas"; digitar, escrever, grampear e carimbar com muita força, seguindo um período de pausa. 
As posturas incorretas devem ser evitadas como inclinar o corpo sobre a mesa de trabalho quando estiver de pé ou sentado, evitar cruzar as pernas quando estiver sentado, pois dificulta a circulação, não manter os ombros elevados acima da cabeça por muito tempo. 

Os cotovelos devem ficar na altura da mesa de trabalho quando for digitar e evitar sentar-se com rotação de tronco sem apoio na região lombar. Se o funcionário trabalha na postura sentada, colocar as atividades a sua frente e não ao seu lado; não trabalhar com sapatos de saltos muito alto, pois eles podem provocar dores e encurtamentos. 

Procure utilizar sempre um apoio adequado a sua altura ou ajuste a sua cadeira; não sentar em cadeiras muito altas ou muito baixas não devendo ainda permanecer em uma mesma postura por longos períodos. Procure levantar-se de tempos em tempos e não manusear objetos em prateleiras muito altas se necessário utilize uma escada segura e adequada.

0 comentários:

Faça Fisioterapia