A lombalgia na Fisioterapia do Trabalho


>






Estudos indicam que 80% das pessoas apresentam dor nas costas em alguma fase da vida. De crianças a idosos, a dor nas costas é uma das ocorrências mais comuns, sendo a principal causa de afastamento do trabalho entre os adultos. Portanto, se formos pensar no ambiente de trabalho, certamente a lombalgia lidera esse "ranking".

Uma das formas de evitar a dor é observar a posição da cabeça, dos ombros e quadril ao longo do dia. É preciso ficar atento na hora do trabalho, estudo ou até mesmo no lazer. Usar o computador por horas pode prejudicar a saúde da coluna.

Caso a rotina de trabalho peça horas sentadas em frente ao computador, é necessário tomar algumas medidas, como alongamento a cada três horas que estiver sentado. Prestar atenção na tela do computador que fica em uma posição muito abaixo do nível dos olhos. Utilizar apoio para os pulsos também ajudam. Porém a forma mais correta é utilizar o computador em uma mesa/escrivaninha e sentar-se em uma cadeira na frente.

A melhor posição é manter a cabeça alinhada; costas, eretas e apoiadas pelo encosto da cadeira; deixar os punhos retos, em posição neutra, alinhados com o antebraço; e os dedos, livres. Já o quadril e joelhos devem ficar flexionados e os pés apoiados no chão.

Para aqueles que precisam dirigir durante o trabalho, também é preciso ficar atento à postura. A fisioterapeuta afirma que a má postura ao dirigir pode gerar hérnia de disco, escoliose, dores na lombar e coluna cervical, além de dores nos membros inferiores e superiores.

Dirigir e trabalhar sentando por longas horas, por exemplo, representa uma das vilãs das dores nas costas. Os efeitos colaterais mais comuns ocasionados pelo trânsito são dores lombares e articulares, tensão na base do pescoço, dores nos membros inferiores e superiores, além de problemas circulatórios. O fator desencadeante dessas dores é a postura sentada inadequada e a permanência prolongada nesta posição. Acima de 45 minutos, a musculatura começa a se fadigar.

Até mesmo na hora do lazer e do descanso é necessário prestar atenção na posição. O travesseiro não pode ser muito alto (para não aumentar a curvatura da coluna cervical) nem muito baixo, deve estar na metade do ombro. Não se esqueça de que além da boa postura para dormir, também precisamos ter uma boa postura ao levantar da cama.

Outro erro recorrente é na hora de dormir. Posições de barriga para baixo ou barriga para cima na hora do sono são perigosas, pois estas posturas deixam a coluna com alinhamento incorreto.

A lombalgia na Fisioterapia do Trabalho A lombalgia na Fisioterapia do Trabalho Revisado by Faça Fisioterapia on 10:24 Nota: 5

Nenhum comentário