Veja as áreas de trabalho que mais tem acidentes e doenças


>



As novas doenças no mundo do trabalho nas áreas de comércio e serviços são as que estão em primeiro lugar do total dos acidentes registrados com CAT (Comunicação de Acidentes de Trabalho), nas estatísticas do Instituto Nacional de Seguro Social. Em 2012, o INSS registrou 705.239 acidentes e doenças do trabalho, destes 48% foram no setor de serviços e comércio, seguidos pela indústria com 47%, e agropecuária com 4,0%. Do total de acidentes registrados em CAT, 2.731 resultaram em mortes, e 14.755 trabalhadores ficaram permanentemente incapacitados.

Os dados são alarmantes. As estatísticas do INSS são de uma morte a cada 4 horas, motivada pelo risco decorrente dos fatores ambientais do trabalho. 80 acidentes e doenças do trabalho a cada 1 hora na jornada diária. Isso significa uma média de 40 trabalhadores/dia que não mais retornaram ao trabalho devido a invalidez ou morte.

Dentre os 50 códigos de CID (Classificação Internacional de Doenças), em 2012 os com maior incidência foram: ferimento do punho e da mão com 10%, fratura ao nível do punho ou da mão com 7%, e dorsalgia (dor nas costas) 5%. Os CIDs mais incidentes nas Doenças do Trabalho foram: lesões no ombro 20,2%, sinovite e tenossinovite 14,2%, e dorsalgia 7,7%.

 LER/DORT são as principais doenças dos trabalhadores no comércio e serviços

A parte do corpo mais atingida é o dedo, contabilizando 132.735 acidentes, depois o pé com 41.437 casos, seguido pela mão (exceto punho e dedo) com 40.445, seguidos por partes múltiplas, antebraço (entre punho e cotovelo), pernas, articulações do tornozelo, braço, ombro, olhos, dorso (músculos dorsais, coluna e medula espinhal), entre outros.
Share on Google Plus

About Faça Fisioterapia

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário