4 fatores determinantes para as Doenças do Trabalho


>



http://observatoriofeminino.blog.br/wp-content/uploads/2013/09/Postura-Inadequada-no-computador-blog.jpg


Segundo a Norma Técnica do INSS sobre DORT, Lesões por Esforços Repetitivos (LER) é uma 'síndrome clínica', caracterizada por dor crônica, acompanhada ou não por alterações objetivas. São as afecções de músculos, tendões, fáscias, ligamentos e nervos, isoladas ou combinadas, com ou sem degeneração dos tecidos.

Quatro fatores que estão no dia a dia dos trabalhadores são responsáveis peplo aparecimento dessas doenças/lesões:

1. Postura:

Postura fixa é um fator de risco principalmente em trabalhos sedentários. No entanto em trabalhos mais dinâmicos, com posturas extremas de tronco como, por exemplo, abaixar-se e virar-se de lado também foiidentificado como fator de risco.(MACIEL,2005)

As más posturas de extremidades superiores também se constituem como fatores de risco, tais como: desvios dos punhos, braços tensionados e elevação do ombro.Todos esses desvios são influenciados por uma série de fatores ocupacionais e individuais, incluindo característica do posto de trabalho, Ex: altura da mesa, da cadeira, formato da cadeira e seu encosto, etc.(op.cit)

2 . Movimento e força:
Estes dois fatores estão correlacionados ao aparecimento da Dort - (Distúrbio osteomuscular relacionado ao trabalho) nas mãos e punhos.  A combinação de forças elevadas e alta repetitividade aumentam a magnitude da lesão mais do que qualquer uma delas isoladamente.Movimentos repetidos podem danificar diretamente os tendões através do freqüente alongamento e flexão dos músculos.(op.cit)
A força exercida durante a realização dos movimentos é outro determinante das lesões, como por exemplo, no levantamento, carregamento e utilização de ferramentas pesadas; a força necessária para cortar objetos muito duros, a utilização de parafusadoras e furadeiras

3. Conteúdo de trabalho e fatores psicológicos:

A relação entre trabalho e a saúde é afetada pela organização do trabalho e fatores psicológicos relacionados ao trabalho, podendo contribuir para o aparecimento de disfunções músculo-esqueléticas. Passou-se a estabelecer a relação entre trabalho, stress e o sistema músculo-esquelético..(op.cit)

4- Características individuais:

O tipo de musculatura e características individuais parecem manter uma relação com a incidência dos problemas. Nesse sentido, as mulheres parecem ser mais suscetíveis que os homens. A distribuição de tarefas por sexo e conseqüentementena carga do trabalho determinam o aparecimento de problemas e estão ligados as características individuais..(op.cit)

Share on Google Plus

About Faça Fisioterapia

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário