O fisioterapeuta é o profissional responsável pelo tratamento e a prevenção de doenças e lesões por meio de técnicas próprias, que e...

Atuação da Fisioterapia do Trabalho








O fisioterapeuta é o profissional responsável pelo tratamento e a prevenção de doenças e lesões por meio de técnicas próprias, que envolvem massagens e ginástica. Ele diagnostica e trata dos problemas que são causados por más-formações, acidentes e até mesmo vícios de postura.

Portanto, cabe ao fisioterapeuta aplicar massagens e orientar as práticas corretas de exercícios com o objetivo de restaurar, desenvolver e manter a capacidade física e funcional dos seus pacientes.

Quem atua na Fisioterapia sabe aplicar elementos como água, calor, frio e aparelhos próprios em tratamentos específicos para cada problema identificado. E não há restrições: crianças, idosos, gestantes e pessoas com deficiência física ou mental podem ser tratados pelo fisioterapeuta.

Fisioterapia do trabalho

Lesões causadas por esforço repetitivo no ambiente de trabalho também podem ser evitadas com a ajuda de um profissional formado em fisioterapia. Aliás, a sua presença nas organizações — tanto públicas quanto privadas — é essencial para garantir a qualidade de vida e a saúde dos colaboradores.

Quais são as principais atividades realizadas por um fisioterapeuta dentro do ambiente de trabalho?

É uma área bastante ampla. O fisioterapeuta pode atuar no ambulatório atendendo os colaboradores que possuem queixas álgicas e desconfortos causados pela atividade laboral. Também pode atuar em treinamentos e orientações de postura, ginástica laboral, elaboração de laudos ergonômicos, exames admissionais, periódicos e demissionais, retorno dos colaboradores afastados da empresa, entre outros.

Como é realizada a fisioterapia no trabalho?

Normalmente o fisioterapeuta é um profissional terceirizado, então a sua atuação depende do que a empresa almeja para seus colaboradores: você pode ser contratado simplesmente para fazer laudos ergonômicos, como pode ser contratado para atuações mais amplas. Na parte ambulatorial, o fisioterapeuta tem uma atuação mais voltada para a recuperação dos colaboradores que apresentam alguma queixa álgica/desconforto. Já nas linhas de produção, atua na parte preventiva treinando, orientando, atuando junto à gerência para discutir melhorias, realizando laudos ergonômicos, entre outras atividades.

O que um fisioterapeuta precisa fazer para atuar na área de Fisioterapia do Trabalho?

É fundamental realizar especialização em Fisioterapia do Trabalho e ter a consciência de que quanto mais se aperfeiçoar melhor será o seu desempenho profissional. Sugiro também se especializar em Ergonomia, Assistência Técnica Judicial, que também é uma área em crescimento, e se atualizar quanto às questões do E-social.

Para o fisioterapeuta trabalhar com Fisioterapia no Trabalho, precisa estar atualizado sobre vários assuntos dentro da Fisioterapia. Através desse curso, Atualidades em Fisioterapia Traumato-ortopédica - 40hs, você terá acesso aos mais atuais protocolos de Avaliação e Tratamento da Chamada Fisioterapia Contemporânea, dentre eles: Termografia Clínica, Análise computadorizada de biomecânica, Estabilização segmentar, ventosaterapia, pilates e liberação miofascial. Clique aqui e saiba mais!



Gostou o texto? Nos siga nas redes sociais: Instagram, Facebook e Twitter



Quer anunciar neste blog?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui

Quer sugerir uma pauta?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui ou um email clicando aqui

O curso Fisioterapia do Trabalho, por meio da educação à distância, oferece ao profissional o conhecimento sobre definições gerais em Fisioterapia do Trabalho. Carga horária: 30 Horas Clique aqui


Poste um Comentário

0 comentários:

Faça Fisioterapia